Evento sobre a Consciência Negra no Republicanos Capital SP reforça compromisso pela igualdade racial

Comemoração ao mês da Consciência Negra

São Paulo (SP) – A coordenação da Igualdade Racial do Republicanos Capital SP realizou, na noite desta quinta-feira (22), evento em comemoração ao mês da Consciência Negra. Com o intuito de debater o protagonismo dos negros e negras em sua própria história, o encontro reuniu mais de 100 pessoas na sede do partido, em São Paulo.

Com a presença de personalidades de destaque e muita música, o secretário municipal de Igualdade Racial do partido, Wagner Rosa, abriu a mesa abordando os reflexos da escravidão nos dias atuais, como a baixa presença dos negros em universidades, que alcançou 50,3% somente em 2019, segundo o IBGE.

Para o secretário estadual da militância, Cleuder de Paula, a missão neste e outros dias de conscientização não é segregar as raças, mas fazer uma integração entre elas, através da informação sobre os direitos sociais. “A informação e o conhecimento é o poder”, diz ele.

Assim como se informar sobre os seus direitos, a população negra também precisa acreditar em si mesma, acredita o vereador André Santos (Republicanos – SP). Líder da bancada do partido na Câmara de São Paulo e autor da lei que instituiu o Dia do Afro empreendedor e o Dia do Black Gospel, André diz que “se for persistente, nada e nem ninguém irá lhe impedir de crescer”.

Já para Silvana Saraiva, fundadora da FeAfro e hoje responsável por cinco empresas, o país também precisa avançar economicamente contra o racismo estrutural. Para ela, que defende a necessidade de “cuidar do território negro”, o Brasil ainda não é protagonista na relação com a África devido ao preconceito, ao não reconhecer a economia africana como forte suficientemente.

A coronel Helena, negra, comandante e diretora de Polícia Comunitária e Direitos Humanos da Polícia Militar de São Paulo, afirma que a educação foi o primeiro pilar para o seu crescimento. A coronel estudou durante três meses para conseguir entrar na Academia de Polícia Barro Branco, em 1989. “A resiliência e a vontade tem que nos acompanhar a vida toda”, aponta.

Assim como Helena, Silvia Cibele, a primeira mulher negra a comandar a Agência São Paulo de Desenvolvimento (ADESAMPA), acrescenta que “além de chegar [até cargos de destaque], as negras e negros precisam se manter nesse lugar”, como um desafio a enfrentar no mercado.

Os depoimentos foram reforçados pelo diretor técnico da Sehab (Secretaria Municipal de Habitação), Emerson Barreto, que falou sobre os caminhos que os negros tiveram que percorrer para chegar até os dias atuais, reiterando a necessidade de se firmar no mundo. “Somos grandes. Temos valor”, disse. 

Espaços na política

O encontro promoveu ainda uma discussão sobre a necessidade de inserir a militância racial em espaços da política.

Para o subprefeito do Itaim Paulista, Gilmar Souza, que disse sentir orgulho de sua cor negra, personalidades e figuras públicas que são garantidoras de direitos “não podem deixar a igualdade de direitos se esvair”.

Já o presidente estadual do Republicanos SP, Sérgio Fontellas, afirma que o partido faz um garimpo em busca de pedras preciosas e pessoas que sejam do bem, referindo-se também aos presentes na mesa. Segundo ele, o objetivo é “mostrar que juntos podemos fazer diferença”. Ideal que foi acompanhado pelo presidente municipal do partido, Marcos de Alcântara, ao reiterar seu compromisso pessoal pela garantia da legenda para um candidato da militância de Igualdade Racial, no pleito do próximo ano. “Precisamos de pessoas com uma motivação sincera, para que ela possa ser eleita e tenha compromisso com os objetivos da militância”, finalizou Alcântara.

Texto: Flávio Ribeiro / ASCOM Republicanos Capital SP
Fotos: Wesley Ribeiro / ASCOM Republicanos Capital SP

2 thoughts on “Evento sobre a Consciência Negra no Republicanos Capital SP reforça compromisso pela igualdade racial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This