São Paulo (SP) – O vereador Zé Turin (Republicanos/SP) protocolou na Câmara de São Paulo, na última quinta (19), projeto de lei que obriga estabelecimentos que estão categorizados como serviços essenciais a destinarem horário exclusivo para o atendimento de idosos, durante o período de restrição imposto pelo decreto de estado de emergência.

A medida estabelece que supermercados, bancos, farmácias e padarias abram as portas uma hora antes para a entrada e utilização dos idosos, população considerada a mais vulnerável ao Covid-19 (coronavírus).

Para o vereador, “essa medida ajudará idosos com 60 anos ou mais que não possuem pessoas para auxiliá-los em seu dia a dia. É uma forma de garantir o atendimento para quem precisa, sem deixá-los correr o risco de contraírem o vírus dentro destes estabelecimentos”, disse em publicação nas redes sociais.

A proposta do parlamentar republicano também vai ao encontro de recomendações feitas por órgãos como a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus/DF), por exemplo, que recentemente divulgou cartilha de orientação sobre os cuidados necessários em relação aos idosos, sendo uma dessas orientações evitar aglomerações ao sair de casa.

Texto: Flávio Ribeiro/ASCOM Republicanos Capital SP

Com informações de Folha de S. Paulo e ASCOM Zé Turin

Foto: ASCOM Zé Turin

2 thoughts on “Coronavírus: Zé Turin quer horário de atendimento exclusivo para idosos no comércio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This