Noemi Nonato é a nova filiada do Republicanos

Vereadora por quatro mandatos e ex-presidente municipal do PL, cantora se junta ao verdadeiro partido conservador do Brasil

Em cerimônia realizada nesta quinta-feira (21) na Câmara Municipal de São Paulo, a cantora gospel Noemi Nonato assinou sua filiação ao Republicanos. Vereadora na capital por quatro mandatos, ela recebeu 18.907 votos nas eleições de 2020, ficando com a primeira suplência. Até o último dia 08/08, Noemi presidia o diretório municipal do seu então partido, o PL.

Em um plenário lotado, a ficha de filiação foi abonada pelo vereador e presidente municipal da legenda, André Santos, que celebrou a chegada da artista. “É uma mulher de família que, durante esses quatro mandatos, não teve uma só mancha em seu nome. Para nós, da família Republicanos, é um privilégio tê-la conosco”, afirmou o dirigente.

A secretária estadual do Movimento Mulheres Republicanas, deputada federal Maria Rosas, afirmou que a entrada de Noemi motiva ainda mais as filiadas. “A Noemi mudou a política de São Paulo em seus quatro mandatos aqui e vai continuar mudando. Ela fez muitos projetos voltados à mulher e ao trabalho social. Teve uma representatividade muito grande. Sua chegada vai fortalecer ainda mais o movimento”, disse a parlamentar.

Em seu primeiro discurso como republicana, Noemi Nonato agradeceu as boas-vindas. “Vim para somar com muito carinho. Aos filiados, apoiadores e amigos em geral, a minha gratidão”, afirmou.

Participaram do evento os vereadores republicanos Atílio Francisco e Sansão Pereira, o deputado estadual Rui Alves, o presidente estadual do partido Roberto Carneiro, membros das executivas estadual e municipal, familiares e apoiadores da nova republicana. 

Sobre

Noemi Nonato nasceu em São Paulo e lançou seu primeiro álbum – “Tributo à Juventude” – em 1985, aos 19 anos. Em sua carreira musical, ela soma 20 CD’s gravados, 2 DVD’s e apresentações em diversos países. Nas plataformas digitais, a artista tem cerca de 20 milhões de streamings.
 
Na política, elegeu-se vereadora pela primeira vez em 2004 com 29.029 votos. Foi reeleita em 2008 com 30.734 votos, em 2012 com 35.406, e em 2016 com 32.116. Na última eleição municipal, disputada em 2020, ficou como primeira suplente de seu então partido, o PL.
 
Como parlamentar, teve atuação destacada na aprovação de projetos para o atendimento às mulheres vítimas de violência e em defesa de crianças portadoras de necessidades especiais.

Compartilhe com amigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *